Conheça os 27 empregos mais perigosos para a saúde

Há trabalhos mais perigosos do que outros, mas nem todos os perigos são evidentes à primeira vista. Será que o seu está nesta lista?

Há riscos para a saúde de alguns empregos que são imediatamente percetíveis, como o de médicos e enfermeiros ou outro pessoal hospitalar poder contrair doenças contagiosas mais ou menos complicadas. Mas há outros riscos nem sempre facilmente identificáveis, como a exposição a contaminantes ou radiações, risco de cortes, queimaduras, mordidas ou picadas e, até, o tempo que se passa sentado e que diversos estudos já associaram a menor esperança de vida.

A Business Insider compilou a lista dos 27 empregos mais perigosos para a saúde nos EUA a partir de uma listagem de 974 ocupações e informação compilada pela Occupacional Information Network, ordenando-os por nível de risco ascendente. São eles:

27. Radiologistas

A exposição à radiação, às doenças e infeções e o tempo que passam sentados tornam esta numa profissão que faz mal à saúde.

26. Trabalhadores em siderurgias

Todos os que operam ou mantêm em funcionamento fornalhas que derretem e refinam metal para produzir aço estão expostos a contaminantes e a condições perigosas em geral, além de estarem em risco de sofrer queimaduras ou cortes.

25. Embalsamadores

Nunca pensamos muito nesta profissão, mas é essencial. Preparam os corpos para enterro de acordo com as exigências legais e estão, por isso, expostos a doenças e infeções, contaminantes e condições perigosas em geral.

24. Instaladores e reparadores de elevadores

Instalar e reparar elevadores sujeita os trabalhadores a condições perigosas, com exposição a elementos contaminantes e riscos de queimaduras ou cortes.

23. Técnicos de medicina nuclear

Preparam isótopos radioativos para utilização em procedimentos médicos e estão, por isso, expostos a radiação, bem como a contaminantes em geral, além de doenças e infeções.

22. Instaladores e mecânicos de aparelhos de refrigeração

A instalação e reparação de aparelhos de refrigeração domésticos ou comerciais é perigosa para o trabalhador exposto a condições perigosas e a contaminantes, além do risco de cortes ou queimaduras.

21. Enfermeiras de cuidados intensivos

As enfermeiras que cuidam de pacientes internados em unidades de cuidados intensivos ou unidades de cuidados coronários estão particularmente expostas a riscos de doenças e infeções, a contaminantes e a radiação.

20. Mineiros e trabalhadores em refinarias ou campos de gás

O trabalho em campos de petróleo ou de gás, assim como o trabalho em minas, sujeita os trabalhadores à exposição a contaminantes e a condições perigosas, além do risco de queimaduras ou cortes.

19. Trabalhadores de indústrias químicas

O pessoal que controla ou opera processos químicos ou máquinas na indústria química está exposto a condições perigosas e a contaminantes, havendo também um elevado risco de queimaduras ou cortes.

18. Médicos e para-médicos de serviços de urgência

Os cuidados médicos de emergência e o transporte do paciente para unidades médicas constituem um emprego perigoso pela exposição a doenças e infeções, bem como a contaminantes, podendo ainda os profissionais sofrer cortes, queimaduras, mordidas ou picadas.

17. Operadores de máquinas de mineração em contínuo

Os profissionais que operam máquinas de mineração que extraem carvão, metal, pedra ou areia de uma mina e fazem carregar o produto para cintas de transporte ou camiões em operação contínua estão expostos a contaminantes e condições perigosas, sendo também elevada a probabilidade de cortes ou queimaduras.

16. Reparadores de materiais refratários

Os profissionais que constroem ou reparam equipamentos tais como fornalhas, fornos, caldeiras, conversores e outros equipamentos que utilizam materiais refratários estão permanentemente expostos a contaminantes e condições perigosas, com um elevado risco de queimadoras ou cortes.

15. Profissionais de recolha de lixo reciclável e “monos”

Os profissionais que recolhem materiais colocados em contentores para reciclagem ou na recolha de “monos” (sofás, móveis, eletrodomésticos) com destino à reciclagem ou lixo estão sujeitos a perigos de exposição a contaminantes, a doenças e infeções e ainda passam muito tempo sentados.

14. Técnicos de operação de equipamentos nucleares

Em Portugal não há centrais nucleares, mas se estiver a ponderar enveredar por este tipo de trabalho, considere os elevados riscos de exposição a radiação e a condições de trabalho perigosas, bem como a exposição a contaminantes.

13. Preparadores de equipamento médico

O pessoal que prepara, esteriliza, instala ou limpa equipamento de laboratório ou de utilização médica está vulnerável a riscos de exposição a contaminantes, a doenças e infeções e a condições perigosas em geral.

12. Pilotos, co-pilotos de avião e engenheiros de voo

O principal risco de saúde que torna estas profissões perigosas para a saúde é o tempo que passam sentados. Estão, ainda, expostos a radiação e a contaminantes.

11. Operadores de equipamento de perfuração em campos de petróleo ou gás

Os profissionais que operam equipamento de perfuração e bombas que extraem petróleo ou gás estão expostos a contaminantes, a queimaduras e cortes e a condições de trabalho perigosas em geral.

10. Assistentes médicos e cirúrgicos, técnicos cirúrgicos e técnicos de laboratório clínicos

As profissões não são iguais, mas enfrentam riscos equivalentes, pelo que foram englobadas na mesma categoria. A exposição a doenças e infeções, a contaminantes e as condições perigosas de trabalho tornam-nas más para a saúde dos profissionais.

9. Engenheiros de máquinas e operadores de caldeiras

Os profissionais que operam ou mantêm máquinas estacionárias, caldeiras ou outros equipamentos mecânicos para fornecer serviços essenciais (como eletricidade) a edifícios ou processos industriais convivem diretamente com a exposição a contaminantes, a condições perigosas de trabalho e elevado risco de cortes e queimaduras.

8. Trabalhadores de estações de tratamento de águas e resíduos

Quem trabalha com processos ou máquinas cuja função é transferir resíduos ou tratar águas residuais está muito exposto a contaminantes, trabalhando em condições perigosas, além de correr riscos de queimaduras e cortes.

7. Técnicos de histologia

Os profissionais que prepara as lâminas com cortes de tecidos para análise microscópica para diagnóstico pelos patologistas está exposto a condições perigosas de trabalho, bem como a contaminantes e a doenças e infeções.

6. Profissionais das alfândegas e serviços de imigração

O trabalho de investigar e inspecionar pessoas e contentores de bens e mercadorias expõe os profissionais a contaminantes, doenças e infeções e a radiações.

5. Podólogos

Os profissionais que diagnosticam e tratam doenças e deformações relacionadas com os pés dos pacientes estão muito expostos a doenças e infeções, bem como a radiações e contaminantes.

4. Veterinários e assistentes de veterinários

Os médicos que diagnosticam e tratam animais, bem como os assistentes que os auxiliam também em testes médicos, estão especialmente sujeitos a riscos de doenças e infeções, podem sofrer cortes, queimaduras, mordidas ou picadas e estão ainda expostos a contaminantes.

3. Anestesistas e enfermeiras e assistentes de anestesia

Os profissionais que administram anestésicos ou sedativos durante procedimentos médicos e ajudam os pacientes a recuperar da anestesia estão expostos a doenças e infeções, a contaminantes e a radiação.

2. Hospedeiras de bordo

O pessoal de bordo que presta assistência e providencia condições de segurança e conforto aos passageiros durante os voos de avião está extremamente exposto a contaminantes, doenças e infeções e ainda pode sofrer cortes, queimaduras ou mordidas.

empregos mais perigosos para a saude

1. Dentistas e assistentes de dentista

São as profissões mais prejudiciais à saúde de quem trabalha na saúde oral dos pacientes, dada a exposição a contaminantes, a doenças e infeções e, ainda, ao tempo que passam sentados.

FONTE: Dinheiro Vivo

Quer receber as nossas ofertas de FORMAÇÃO e EMPREGO directamente no seu email? Então subscreva inserindo o seu endereço de email abaixo:

NOTA: Para poder receber as nossas actualizações deve clicar no link de confirmação que irá receber no seu email.

Author: Formação & Emprego

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *