Porque é que estudar no estrangeiro pode ajudar a conseguir um emprego mais facilmente

Os técnicos de recrutamento são unânimes e consideram que a experiência internacional contribui para diferenciar os candidatos…

Durante um processo de recrutamento de emprego, o objetivo dos técnicos de recrutamento é selecionar o candidato mais qualificado e com o perfil profissional mais adequado à cultura organizacional da empresa contratante. Para isso, avaliam tanto as competências técnicas como as características comportamentais de cada participante.

Como na hora de selecionar o candidato ideal os recrutadores podem encontrar currículos e perfis muito parecidos, eles acabam por recorrer aos chamados elementos diferenciadores – e a experiência internacional  é um deles.

estudar no estrangeiro para arranjar emprego

Ter fluência num idioma, demonstrar que se adapta facilmente a uma nova cultura e que é independente pode garantir-lhe uma vaga. Saiba por que razão estudar no estrangeiro pode ajudá-lo a conseguir um emprego:

EXPERIÊNCIA INTERNACIONAL

Quem tem oportunidade de estudar no estrangeiro mostra-se mais preparado para conviver com os desafios do mundo dos negócios. Além de aprender um idioma e de conviver diariamente com uma nova cultura, quem participa numa experiência internacional desenvolve capacidades de empenho, independência e aprende a lidar melhor com problemas – requisitos fundamentais para se conquistar um emprego. Ao superar obstáculos, aprende a ponderar as dificuldades, a analisar as questões com mais cuidado e a tomar decisões mais assertivas.

IDIOMA

Dominar um idioma além do português é fundamental para conquistar uma posição no mercado de trabalho. Quem convive durante meses com uma nova língua, torna-se fluente e ganha destaque nos processos de recrutamento de emprego. A experiência internacional permite que o candidato ouça e que tenha o que conversar diariamente noutro idioma – aprendendo inclusive termos muito usados no ambiente profissional.

COMUNICAÇÃO

Saber comunicar eficazmente, ou seja, sabendo transmitir bem a sua mensagem sem que os seus ouvintes possam ter interpretações erróneas, é uma das características mais solicitadas nos processos de recrutamento. Quem vai morar num novo país, sem que tenha contacto com pessoas conhecidas costuma desenvolver forçosamente essa habilidade, afinal, precisa de comunicar com quem o rodeia. Falar num outro idioma, inclusive, aumenta a autoconfiança e a possibilidade de fazer networkings mais eficazes.

  • Fonte: Universia Portugal

 

Quer receber as nossas ofertas de FORMAÇÃO e EMPREGO directamente no seu email? Então subscreva inserindo o seu endereço de email abaixo:

NOTA: Para poder receber as nossas actualizações deve clicar no link de confirmação que irá receber no seu email.

Author: Formação & Emprego

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *